segunda-feira, 30 de agosto de 2010

DEMOGRAFIA : CONCEITOS BÁSICOS

I-CONCEITOS BÁSICOS

-DEMOGRAFIA: consiste na ciência que estuda a dinâmica populacional humana por meio de estatísticas que utilizam como critérios e religião, educação, etnia e outros critérios que são influenciados por fatores como taxa de natalidade, fecundidade e migrações.


-POPULAÇÃO ABSOLUTA (PA): corresponde a população total de um determinado local. Quando um local tem uma população absoluta numerosa, dizemos que ele é populoso.

-POPULAÇÃO RELATIVA(PR) OU DESNIDADE DEMOGRÁFICA(DD): corresponde a média de habitantes por quilômetros quadrados.

-SUPERPOVOAMENTO: corresponde a um descompasso entre as condições sócio-econômicas da população e à área ocupada, não dependendo apenas da densidade demográfica, mas principalmente das condições de vida da população. Alguns países com grande densidade demográfica podem não ser considerados superpovoados, enquanto outros com densidade baixa assim o podem ser classificados.


-CRESCIMENTO VEGETATIVO OU NATURAL (CV): Consiste na diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade. C.V. = TN(taxa de natalidade) – TM(taxa de mortalidade).

-TAXA DE NATALIDADE (TN): consiste na relação entre o número de nascimentos ocorridos em um ano e a população absoluta(o resultado em geral é expresso por mil - %o)

TN = N.º de nascimetos X 1000
População absoluta

-TAXA DE MORTALIDADE(TM): consiste na relação entre o número de óbitos ocorridos em um ano e a população absoluta( o resultado é expresso por mil - %o)

TM = N.º de óbitos X 1000
População absoluta

-TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL (TMI): consiste no número de crianças de 0 à 1 ano que morrem para cada grupo de mil nascidas vivas.


-TAXA DE FECUNDIDADE: consiste na média de filhos por mulher na idade de reprodução.(dos 15 aos 45 anos).


-EXPECTATIVA DE VIDA: consiste na quantidade de anos que vive em média a população.


II-CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO



-Fatores que contribuíram para o crescimento demográfico mundial:
-o sedentarismo que foi intensificado com o advento da agricultura(cerca de 10 mil anos atrás)
-Revolução industrial : acelera o processo de urbanização
-as descobertas científicas adquiridas a partir da Revolução industrial
-melhorias sociais: saneamento básico, evolução da medicina/remédios
-etc



III-TEORIAS DEMOGRÁFICAS:

-TEORIA MALTHUSIANA: postulada ao final do século XVIII por Thomas Robert Malthus, preconizava que a razão para a existência da miséria e das enfermidades sociais, seria o descompasso entre: a capacidade de produção de alimentos, que se daria numa progressão aritmética(1,2,3,4,5), em relação ao crescimento populacional que se daria numa progressão geométrica (1,2,4,8,16).
-Para Malthus, o crescimento demográfico poderia cair caso ocorressem situações de abstinência sexual;guerras, epidemias , etc.

-TEORIA NEOMALTHUSIANA: A partir do final da II Guerra Mundial, o crescimento populacional acelerado nos países subdesenvolvidos, fez despertarem os adeptos de Malthus chamados de neomalthusianos. Para os neomalthusianos, a pobreza e o subdesenvolvimento seriam gerados pelo grande crescimento populacional, e em virtude disso seriam necessárias drásticas políticas de controle de natalidade, que se dariam através do "planejamento familiar".

-ECOMALTHUSIANOS: Atualmente, podemos observar a presença dos chamados ecomalthusianos, que defendem a tese de que o rápido crescimento populacional geraria enorme pressão sobre os recursos naturais, e por conseqüência sérios riscos para o futuro.

-REFORMISTAS/MARXISTAS: consideram que é a própria miséria a responsável pelo acelerado crescimento populacional.


IV-ESTRUTURAS POPULACIONAIS:

A-ESTRUTURA ETÁRIA: a estrutura por idade mostra o percentual de jovens, de adultos e idosos
-A estrutura da etária da população é representada em forma de pirâmide, que é dividida em base(jovens), o meio(adultos) e o ápice(velhos) da pirâmide.
-Quanto à idade, a população está dividida em três grupos:
• Jovem, de 0 a 19 anos;
• Adulto, de 20 a 59 anos;
• Velho, ou senil, com 60 anos e mais.

B-ESTRUTURA SEXUAL: a estrutura por sexo remete a respeito da distribuição da população com percentual de homens e mulheres.

C-ESTRUTURA ECONÔMICA:
- PEA (População economicamente ativa): representa as pessoas que trabalham ou estão à procura de
Trabalho.
- PEI(População Economicamente Inativa): representa pessoas que não estudam, não trabalham e não estão a procura, ou não possuem idade compatível.

-Setores da Economia:

Setor primário: este setor está ligado ao ramo de atividade produtiva está vinculado ao desenvolvimento da agricultura, pecuária e o extrativismo (vegetal, animal e mineral). Esse setor em geral produz matéria-prima para o abastecimento das indústrias.
Setor secundário: este setor está voltado ao sistema industrial enquadrando a produção de máquinas e equipamentos, produção de bens de consumo, construção civil e geração de energia.
Setor terciário: este setor está diretamente vinculado a prestação de serviços (Ex: professores, advogados e profissionais liberais em geral) e comercio em geral.

Obs: Setor Quaternário: O setor quaternário e um setor econômico que inclui os serviços altamente intelectuais tais como investigação, desenvolvimento e inovação. Tradicionalmente se considera como uma parte do setor terciário, mas sua importância cada vez mais crescente e diferencial tem feito que alguns autores destaquem sua consideração como um setor aparte dos outros.Inclui a indústria de alta tecnologia, de tecnologias da informação e das telecomunicações e algumas formas de investigação cientifica, assim como a educação, a consultoria e a indústria da informação.

V-MOVIMENTOS DEMOGRÁFICOS:

-Internas:

-Êxodo rural: Deslocamento de pessoas do meio rural para o meio urbano. Ocorre principalmente nos países subdesenvolvidos e sobretudo naqueles que experimentam um processo rápido de industrialização.
- Êxodo Urbano: o movimento populacional ocorre da área urbana para a área rural. Este tipo de migração não é muito comum, todavia, devido à violência, poluição e outros problemas dos grandes centros urbanos, a migração para estas áreas rurais tende a crescer (em busca de melhor qualidade de vida).
-Transumância: é um tipo de migração periódica (sazonal) e reversível (ida e volta) determinada pelo clima.
-Migração inter-regional: ocorre de uma região para outra. Exemplo: Migração de nordestinos para a região Sudeste.
-Migração intra-regional: ocorre dentro da mesma região.Exemplo: Migração da área rural para os centros urbanos, em busca de melhores condições de vida.
-Pendular: é um deslocamento diário/urbano, da preferia pra o centro e do centro para a periferia, sendo realizado em um período de tempo curto.
- Migração urbano-urbano: ocorre com a transferência de indivíduos de uma cidade para outra.
- Nomadismo: é caracterizado pelo deslocamento constante de populações em busca de alimentos, abrigo etc. Além de ter sido o caso típico das sociedades primitivas (coletores, caçadores e pescadores pré-históricos), hoje, os ciganos e alguns povos pré-industriais se configuram como povos nômades.

Externas:

-Emigração: é a saída de indivíduos do país.
-Imigração: é o movimento de entrada de estrangeiros em um país.


VI-URBANIZAÇÃO:

- Consiste no aumento proporcional da população urbana em relação à população rural. rural.Porém, também pode ser interpretado como infra-estrutura.

-Conceitos importantes em urbanização:

Macrocefalismo Urbano: crescimento acelerado dos centros urbanos, principalmente nas metrópoles, provocando o processo de marginalização das pessoas que por falta de oportunidade e baixa renda residem em bairros que não possuem os serviços públicos básicos, e com isso enfatiza o desemprego, contribui para a formação de favelas, resultando na exclusão social de todas as formas.

Metrópoles: cidade que devido ao porte de suas atividades financeiras, administrativas e no campo da informação, adquire importância e influência nacional, regional e até mundial, como, p.ex., Londres, Tóquio etc.

Conurbações: ocorre quando um município ultrapassa seus limites por causa do crescimento e com isso encontra-se com os municípios vizinhos.

Regiões Metropolitanas: consiste na união de dois ou mais municípios formando uma grande malha urbana, é comum nas cidades sedes de estados (ex.Goiânia, Aparecida de Goiânia e cidades do entorno).

RIDE: são as regiões metropolitanas que se situam em mais de uma unidade federativa. Ex: Brasília e o entorno do Distrito Federal, Juazeiro(BA) e Petrolina(PE)

Megalópole: É a união de duas ou mais regiões metropolitanas.

Tecnopólos: também são chamadas de Cidades ciência. Nestas cidades estão presentes centros de pesquisas, universidades, centros de difusão de informações. Geralmente os tecnopólos estão alienados a universidades e indústrias.

Verticalização: È a transformação arquitetônica de uma cidade, ou seja, a mudança da forma horizontal das construções (ex: casas), para a verticalização (construção de prédios).

Segregação Espacial: È o foco do poder público as regiões onde a parcela da população possui melhor poder aquisitivo, e omissão as regiões periféricas desprovidas dos serviços públicos.

Cidades Formais/Artificiais: São cidades planejadas.

Cidades Informais/Expontâneas: São compostas pelas regiões periféricas, regiões onde não possui infra-estrutura suficiente.

Cidades globais: são aquelas cidades em que se concentra a movimentação financeira, onde se situam as sedes de grandes empresas ou escritórios filiais de multinacionais, importantes universidades e centros de pesquisa. Elas dispõem da infra-estrutura necessária para a realização de negócios nacionais e internacionais, como aeroportos e/ou portos, bolsas de valores e avançados sistemas de telecomunicações, além de uma ampla rede de hotéis, bancos, centros de convenções, de eventos e de comércio.

Megacidades: são cidades com mais de 10 milhões de habitantes.Sendo o conceito de megacidade meramente populacional, ele pode se mesclar ao de cidade global. Nova York (EUA), Tóquio (Japão) e São Paulo (Brasil) são simultaneamente cidades globais e megacidades.



EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO: DEMOGRAFIA

01. (OSEC) Assinale a alternativa incorreta:

a) Classifica-se como Hábitat Rural o espaço humano ocupado por atividades econômicas ligadas à agropecuária, sendo então um espaço rural.
b) Os povoados e colônias são exemplos de Hábitat aglomerado.
c) Quando as habitações encontram-se distantes umas das outras no meio rural damos o nome de Hábitat Rural disperso.
d) O Hábitat Rural pode ser disperso ordenado e como exemplo podemos citar a dispersão ordenada ao longo de um rio.
e) No Brasil predomina o Hábitat Rural aglomerado sob a forma de colônias, as quais aparecem principalmente na região Sul do país.


02. (UNISA) A capacidade de crescimento da população é infinitamente maior do que a capacidade de produção de alimentos na Terra. Esse é o enunciado básico da doutrina de Malthus, que consiste no seguinte princípio:

a) progressão geométrica da população e progressão aritmética dos alimentos;
b) progressão geométrica da população e baixa taxa de natalidade;
c) progressão aritmética da população e baixa taxa de mortalidade;
d) progressão aritmética da população e progressão geométrica dos alimentos;
e) progressão geométrica da população e alta taxa de natalidade.


03. (FAAP) Algumas regiões brasileiras apresentam elevada porcentagem de população ativa ligada ao setor primário.
São atividades relacionadas:

a) à indústria de tecidos e alimentares.
b) à indústria automobilística e extrativismo.
c) à indústria petrolífera e à agricultura.
d) ao comércio e a agricultura.
e) à agricultura e à extração mineral.

04. (UNISA) As declarações oficiais dos diversos governos do Brasil, em torno da necessidade de povoar o território brasileiro; as concessões de legislação trabalhista brasileira, como salário-família, o auxílio maternidade etc. levam a concluir que o Brasil adota uma política demográfica:

a) Neomalthusiana;
b) natalista ou populacionista;
c) antinatalista;
d) contrária à teoria de Malthus;
e) contrária ao crescimento vegetativo.


05. (UNIVALE) Sobre a ‘população’ a alternativa verdadeira é:

a) Densidade demográfica é a divisão da população relativa pela área do local.
b) A população relativa é o número total de habitantes de um local.
c) Pode-se chamar uma área ou região de populosa quando ela possui uma grande população absoluta.
d) As áreas onde a população absoluta é grande são chamadas de áreas de grande concentração populacional.
e) As áreas anecumênicas são aquelas de grande concentração populacional. Geralmente são áreas urbanas, de grande concentração industrial.

06. (FUVEST) Distribuição da População Rural e Urbana - Brasil 1940 / 1991
Distribuição da População Rural e Urbana - Brasil 1940 / 1991
Ano Urbana % Rural %
1940 31,23 68,77
1950 36,16 63,84
1960 44,67 55,33
1970 55,92 44,08
1980 67,60 32,40
1991 75,47 24,53
Fonte: IBGE / 1991
Assinale a alternativa que explica a tabela acima:

a) Devido à grande industrialização nas cidades, o período de 1940-1950 registrou as maiores taxas de crescimento da população urbana.
b) O intenso processo de modernização do campo explica o acentuado esvaziamento da população rural entre 1950 e 1960.
c) A forte industrialização registrada, no campo e na cidade, explica as taxas iguais de crescimento da população urbana e rural entres 1950 e 1960.
d) Após 1950, o processo de industrialização gerou forte migração da população do campo para a cidade, praticamente invertendo sua distribuição no final dos anos 80.
e) O avanço da industrialização no campo, interrompido nas duas últimas décadas, justifica a redução, pela metade, da população rural.

07. (UNISA) Lendo as frases seguintes:

I. Será subpovoado o país que oferecer mais empregos anualmente aos indivíduos que se apresentam no mercado de trabalho, fazendo com que o aumento da população não crie pressões sobre a produção.
II. Será superpopuloso, mesmo com densidade demográfica reduzida, o país que não absorver a mão-de-obra posta à venda no mercado de trabalho.

Verificamos que o Brasil:

a) está no caso I;
b) está no caso II;
c) está no caso I ao norte e no caso II ao sul;
d) está no caso I no interior e no caso II nas zonas litorâneas;
e) esteve no caso II até a década passada, encontrando-se na caso I atualmente.

08. (FUVEST) Considerando-se a distribuição da população mundial por atividades econômicas, é INCORRETO
afirmar que:

a) a repartição da PEA pelos setores de atividades reflete o grau de desenvolvimento econômico;
b) o setor terciário apresenta-se em expansão em quase todos os países do mundo;
c) em diversos países subdesenvolvidos, o número de pessoas empregadas no setor secundário vem aumentando devido à existência de um processo de industrialização;
d) os países subdesenvolvidos apresentam geralmente um setor terciário hipertrofiado;
e) em todos os países subdesenvolvidos, de economia capitalista, o predomínio dos setores primário e secundário reflete o elevado poder aquisitivo da sociedade.

09. (FAAP) A população do Brasil é:

a) irregularmente distribuída, predominando etnicamente o branco e etariamente o adulto;
b) de elevado crescimento vegetativo, elevado nível cultural e com predominância étnica do negro;
c) de alto crescimento vegetativo, com predominância dos mestiços e elevado consumo de energia;
d) regularmente distribuída, predominando os brancos e etariamente o jovem;
e) de grande crescimento vegetativo, etariamente jovem e com a predominância do branco.

10. (FGV)
Taxas de Crescimento da População Brasileira
Ano %
1950/1960 3,17
1960/1970 2,76
1970/1980 2,48
1980/1991 1,89
1995 1,32

Estudos recentes sobre a população brasileira explicam a situação apresentada na tabela acima, como resultado da:

a) diminuição da entrada de imigrantes, desde 1950, e da
concentração da renda nacional;
b) queda da taxa de fecundidade das mulheres, associada a um
mínimo de programação familiar;
c) grande concentração da renda após 1970, acentuando o aumento da taxa de mortalidade infantil;
d) queda do índice de fertilidade da mulheres, nas duas últimas décadas, e o aumento da taxa de mortalidade infantil.
e) diminuição da entrada de imigrantes, desde 1950, associada à saída de brasileiros para o exterior, em busca de melhores condições de vida.




GABARITO:

01-E
02-A
03-E
04-B
05-C
06-D
07-B
08-E
09-A
10-B

Um comentário:

  1. ESTES EXERCÍCIOS ESTÃO NO ESTILO DA PROVA DA FEPECS.
    ESPERO QUE GOSTEM.
    PROF KLÉBER

    ResponderExcluir