sexta-feira, 25 de julho de 2014

BRASIL MELHORA POSIÇÃO NO NOVO IDH - 0,744 - ( 79º POSIÇÃO MUNDIAL )

Nosso país elevou mais um degrau no  novo ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), divulgado dia 24 de julho de 2014 , pelo  Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). O Brasil agora está ocupando a  79ª posição (junto com Geórgia e Granada) numa lista que inclui 187 nações.


O novo IDH brasileiro é agora de 0,744, o que mantém o Brasil na categoria de alto desenvolvimento humano, onde também estão outros emergentes como Rússia, China, Turquia e Uruguai. É importante lembrarmos que pelos critérios da ONU, quanto mais próximo o indicador estiver de 1, maior é o desenvolvimento humano.




Segundo o  Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH) 2014, o Brasil avançou graças a dois pontos básicos (renda e expectativa de vida), mas poderia ter avançado mais caso o terceiro fator (escolaridade) tivesse tido um melhor desempenho. Veja:

-Aumento da renda do brasileiro : que a Renda Nacional Bruta (RNB) per capita do país subiu de US$ 14.081 em 2012 para US$ 14.275 em 2013,

-Aumento da expectativa/esperança de vida da população. a expectativa de vida aumentou de 73,7 anos para 73,9 anos no mesmo período.

-Por outro lado,o terceiro indicador que forma o IDH, diz respeito a educação, e nesse critério surgem algumas polêmicas. A expectativa de anos de estudo (que significa quanto tempo se espera que uma criança ficará na escola) se manteve em 15,2 anos e a média de anos de estudo, em 7,2 anos. No entanto, o Pnud fez questão de destacar que isso não significa que o Brasil não fez avanços nesse campo.





Portanto, é importante que destaquemos que o Brasil avançou nas três áreas que compõe o IDH (saúde, educação e renda), mas isso não apareceu na educação porque as bases de dados ainda não captaram essas mudanças e os dados observados pelo PNUD tomaram por base dados que já foram atualizados pelo brasil , mas a entidade ainda não os utilizou.


Olhando num  âmbito global, o país líder do IDH continua sendo a Noruega, com 81,5 anos de esperança de vida, 12,6 anos de média de estudo, 17,6 anos de expectativa de anos de estudo e renda per capita de 63,9 mil dólares por ano. Em seguida aparecem Austrália, Suíça, Holanda e Estados Unidos.



Na América Latina, ao observarmos o nosso país e compará-lo com outros países, o Brasil  perde no ranking para Chile (41ª posição), Cuba (44ª), Argentina (49ª), Uruguai (50ª), Bahamas (51ª), Antígua e Barbuda (61ª), Trinidad e Tobago (64ª), Panamá (65ª), Venezuela (67ª), Costa Rica (68ª), México (71ª) e Ilha de São Cristovão (73ª).


PROF. KLÉBER CAVERNA




.


domingo, 20 de julho de 2014

CONCURSO PARA O SUS - DICAS DE ATUALIDADES VOLTADAS A SAÚDE

OLÁ MEUS CAROS CONCURSANDOS PARA O SUS, ESTOU POSTANDO ALGUNS DADOS LIGADOS A SAÚDE QUE PODEM AJUDÁ-LOS NESSA BATALHA PARA O FUNCIONALISMO PÚBLICO.

COLOCAREI A SEGUIR VÁRIOS DADOS QUE FORAM FRUTOS DE MINHAS PEQUISAS SOBRE O TEMA SAÚDE , ONDE  ESPERO CONTEMPLAR ALGUNS TEMAS QUE POSSAM SERVIR PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA DO SUS TANTO EM ATUALIDADES COMO ATÉ MESMO NAS ESPECÍFICAS.

Professor Kléber Caverna

































































Adicionar legenda





























PROFESSOR KLEBER CAVERNA




.