quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

DOUTRINA OBAMA : O pensamento de Obama em 21 pontos







1) Um mundo sem armas nucleares, fortalecendo o tratado de não proliferação e com rígido controle até que este desejo/sonho seja realizado; 

2) Derrotar o terrorismo internacional e suas ações e manifestações em qualquer lugar que se apresentarem; 

3) Difundir e estimular a democracia ao redor do mundo e apoiar os movimentos que lutam contra governos ditatoriais e tiranos; 

4) Promover a paz com o mundo islâmico, reduzindo o sentimento antiamericano em todas as partes, principalmente nos países de maioria muçulmana; 

5) Avançar no controle das mudanças climáticas e do aquecimento global; 

6) Acabar com as guerras do Iraque e Afeganistão, mantendo apenas uma pequena força para ajudar os governos locais a manterem a estabilidade política; 

7) Fortalecer a diplomacia e o multilateralismo, apoiando os organismos internacionais como a ONU, seu Conselho de Segurança e agências especializadas e outros de âmbito regional como a OEA e outras mais, sem retirar o apoio aos aliados tradicionais e os tratados de cooperação bilateral.

8) Conter os programas nucleares do Irã e da Coreia do Norte; 

9) Atuar nos conflitos regionais, evitando que os mesmos se generalizem e criem instabilidade em diversos países vizinhos; 

10) Combater os regimes ditatoriais e apoiar a defesa dos direitos humanos nesses países e em outros onde os mesmos não sejam respeitados.

11 - Promover e proteger os direitos humanos em todas as partes do mundo, principalmente em países que vivem sob regimes ditatoriais ou assemelhados; 

12 - Combater o protecionismo econômico, financeiro e tecnológico por parte dos diversos países, buscando promover o livre comércio internacional; 

13 - Defesa da propriedade intelectual, fruto do desenvolvimento científico e tecnológico, incluindo patentes, principalmente em áreas que utilizam tecnologia de ponta e sensíveis a segurança e defesa nacionais; 

14 - Resgatar a educação em todos os níveis para que os EUA voltem a ocupar posição de destaque no concerto internacional. Este resgate está diretamente relacionado com as áreas das ciências e da matemática e são fundamentais para o desenvolvimento da ciência e tecnologia. Estimular a parceria entre poder público, as universidades e as empresas para pesquisas avançadas em áreas que possam representar avanços mais significativos ou a descobertas que mudem radicalmente o futuro;

15 - Modernização das Forças Armadas, com o desenvolvimento e uso de tecnologias sofisticadas que possibilitem o emprego rápido em diversas frentes de batalha ou teatros de operações, reduzindo ao máximo o emprego direto de tropas em terra. O uso de aviões não pilotados, sistemas antibalísticos (intercontinentais), armas inteligentes, emprego de robôs, satélites e outras tecnologias. O fortalecimento dos poderes aéreo e marítimo/naval é fundamental nesta nova estratégia;

16 - Ampliar e avançar o programa espacial;

17 - Apoiar as empresas americanas para que as mesmas possam melhorar o desempenho frente à competição internacional, garantindo matéria-prima, acesso aos mercados e a livre movimentação de produtos, serviços e pessoas;

18 - Fortalecer e ampliar a classe média, base da estrutura política, social e econômica do país, reduzindo os atuais níveis de pobreza ainda existentes;

19 - Equacionar a questão das imigrações ilegais e criar programas de apoio a imigração legal, facilitando a inserção dos imigrantes na sociedade e, ao mesmo tempo, aperfeiçoar o processo de loteria para imigrantes residentes;

20 - Tornar a máquina pública mais eficiente, efetivam transparente, uma melhor articulação entre os diversos níveis e estruturas dos poderes públicos federal, estaduais e locais; 

21 - Fortalecer o sistema de defesa interna, reduzindo as vulnerabilidades que possam ser utilizadas por terroristas ou países inimigos em caso de guerra ou ataque aos EUA. Neste particular a questão da segurança cibernética tem uma dimensão especial tendo em vista os riscos que o terrorismo cibernético pode acarretar para todos os setores do país, principalmente as áreas militares, logística, energia e comunicações.

Enfim, a partir do momento em que o processo eleitoral começa a esquentar e Obama anunciou sua intenção de buscar um segundo mandato, o mesmo deverá explicitar ainda mais suas idéias e pensamento em relação a como pretende conduzir o país para sair do sufoco econômico que ainda está enfrentando e a não perder espaços no cenário internacional. Só o tempo dirá sobre a importância e o acerto de suas propostas.

(Esta compilação a respeito da Doutrina Obama foi elaborada por Juacy da Silva, que  é professor universitário, mestre em sociologia. Com adaptações)


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário